Cirurgia Robótica

o-que-e-cirurgia-robotica

 O que é Cirurgia Robótica?

 

Cirurgia robótica é uma técnica cirúrgica utilizada no tratamento de inúmeras doenças porem vamos aqui neste blog descrever apenas as patologias que acometem os órgãos do sistema reprodutor feminino.

Atualmente podemos destacar 3 patologias como sendo as principais responsáveis pelas intervenções cirúrgicas na mulher, são elas:

Por serem estas patologias responsáveis por aproximadamente 70% das intervenções cirúrgicas do aparelho reprodutor feminino vamos neste blog descrever a utilização da plataforma robótica no seu tratamento.

Nas ultimas décadas podemos presenciar um grande avanço nas técnicas cirúrgicas utilizadas no tratamento das patologias do sistema reprodutor feminino.

Inicialmente com a implementação de práticas de assepsia, desenvolvimento das técnicas de anestesia e o surgimento dos antibióticos o tratamento das patologias ginecológicas tornou se viável através de cirurgias denominadas como laparotomias, onde eram realizadas incisões na parede abdominal permitindo ao cirurgião ter acesso a cavidade abdominal podendo realizar o procedimento proposto.

A partir da década de 80, com o desenvolvimento de equipamentos capazes de captar e transmitir imagens para um sistema de vídeo, as cirurgias passaram a ser realizadas através de técnicas de videocirurgia.

Estas técnicas chamadas de minimamente invasivas permitem ao cirurgião realizar o procedimento sem a abertura da cavidade abdominal, onde o instrumental cirúrgico é introduzido no abdômem através de pequenas incisões, e as imagens são captadas e transmitidas por um sistema de vídeo a um monitor por onde o cirurgião acompanha a realização do procedimento.

As técnicas minimamente invasivas permitiram a realização de procedimentos cirúrgicos através de pequenas incisões levando a menores índices de infecções, alta hospitalar precoce, utilização de doses menores de analgésicos e principalmente melhor recuperação da paciente e retorno as suas atividades habituais.

O mais recente avanço na área de cirurgia ginecológica foi a cirurgia robótica. Esta plataforma permite ao cirurgião realizar o procedimento através de um mecanismo robótico. Esta técnica já é utilizada em grande escala nos hospitais americanos e atualmente vem crescendo também aqui no Brasil.

A plataforma robótica permite ao médico cirurgião realizar um procedimento com maior precisão, menor dano aos tecidos saudáveis e consequentemente melhor resultado terapêutico.  Muitos pesquisadores na área médica têm demonstrado resultados animadores quando comparada a técnica robótica a outras técnicas já consagradas no tratamento cirúrgico das patologias que acometem o sistema reprodutor feminino.

Atualmente a plataforma robótica é utilizada no tratamento cirúrgico dos miomas uterinos, endometriose e câncer ginecológico.

O aprimoramento dos equipamentos e materiais ao longo dos anos permitiu ao cirurgião imagens mais claras e definidas e a realização de procedimentos mais seguros.

É muito importante deixar muito claro que, a utilização da técnica robótica para abordagem das patologias que acometem o sistema reprodutor feminino (leiomiomas uterinos, endometriose e câncer ginecológico), deve ser individualizada para cada paciente, depende da habilidade da equipe cirúrgica e disponibilidade de equipamentos e materiais necessários para realização do procedimento.

Em algumas situações especiais como miomas gigantes, múltiplos miomas, tumores avançados ou condições clinicas inadequadas a utilização da técnica tradicional (laparotomica) pode ser necessária.

O uso da plataforma robótica para a realização da miomectomia se justifica pela maior precisão, o que esta tecnologia nos fornece, além de imagem tridimensional que permite uma melhor visualização de tecidos e vasos, diminuindo o dano a estruturas sadias.

Outra vantagem importante e a possibilidade de movimentos mais precisos e mais amplos que os braços robóticos. Essa característica do sistema auxilia na reconstrução uterina para a preservação da sua função reprodutiva, além de diminuir as perdas sanguíneas no intra-operatorio e permitir uma recuperação mais rápida e menos dolorosa.

No tratamento da endometriose e do câncer ginecológico a plataforma robótica permite a realização de procedimentos com retirada dos tecidos doentes e preservação dos tecidos saudáveis com resultados muito satisfatórios.

O principal diferencial da técnica robótica no tratamento do câncer ginecológico é a realização da linfonodectomia (procedimento realizado para retirar os linfonodos acometidos pela neoplasia), realizado com maior precisão e eficácia que as técnicas.

A plataforma robótica vem ganhado cada vez mais cirurgiões adeptos e tem demostrado nas pesquisas cientificas resultados muito animadores no tratamento cirúrgico das patologias que acometem o sistema reprodutor feminino.


Equipe

Nossa equipe toda é certificada em cirurgia robótica, pelo Sistema Da Vinci de Cirurgia Robótica no Instituto INSIMED em Bogotá / Colômbia e também em cirurgia robótica pela Intuitivi.

Somos profissionais especializados e muito bem treinados para a realização desses procedimentos, o que garante indicadores de segurança iguais ou superiores aos de outros tipos de cirurgias.